14 de julho de 2009

vai saber

Já estava com saudades disso aqui.

Os acontecimentos recentes da minha vida não foram dos melhores...
Descobri que extrair o dente o ciso é ruim e doi, mas descobri também que quando infecciona...
É A TREVA.
Sempre procuro fazer aquele "joguinho do contente" da Pollyana e tirar proveito das situações que me incomodam, mas desta vez tá sendo dificil, a não ser a perda de alguns kilinhos haha.
Ultimamente estou vivendo um turbilhão de pensamentos, ideias, sentimentos. Ficar de molho em casa é bom para descansar, mas mente vazia, já sabe no que dá, né? Inúmeras coisas passam pela minha cabeça. Já sou cheia de planos quando estou fazendo mil coisas ao mesmo tempo, quando estou tranquila então nem se fale, reflito sobre tudo e todos, o tédio chega muito fácil em mim e se eu pudesse cavaria um buraco para chegar até na China pra passar minha ansiedade. Bendita ansiedade que não consigo controlar muitas vezes.
CARAMBA, ser "gente" é muito estranho mesmo.

Voltando ao meu assunto dente do ciso [ post vai ser bem esquisitão hoje, to com vontade de escrever sobre mil assuntos e isso aqui vai ficar um vai e volta infernal, quando opto em escrever sobre minhas ideias, vem a dor no meu dente e me atrapalha]
Pra quê tê-lo? Deus queira que meu filho não o tenha, assim como o apêndice.
Estava pensando, minha dentista disse uma vez que daqui umas décadas, nós também teremos dedos grandes e até mais dedos para conseguirmos apertar mais botões, afinal tudo está ficando mecanizado.
Esquisito, mas acho que é verdade, ela é uma pessoa muito inteligente e isso faz todo sentido.

Enquanto meus dedos não crescem e eu também não veja os de ninguém crescer,
to indo lá fazer mais compressa de água quente na boca, tomar um analgésico... e tentar dormir

Beijocas

esse post tá esquisito mesmo, daqui uns tempos talvez eu o delete, talvez não. Acho que nao vou apagar não, isso ficou realmente como minha mente está: A MIL POR HORA. pensando tudo ao mesmo tempo
acho que sempre fui assim também, eu gosto ;]