26 de dezembro de 2011

6ª Citação: "... Não somos o nosso melhor para os outros..."

Olá pessoal,
Bom dia de segunda-feira

Hoje meu blog será verdadeiramente o meu refúgio. Eu preciso desabafar de alguma maneira e vejo esse espacinho como o melhor do mundo para esse momento.
Como este Natal foi dolorido e longo, como foi difícil enfrentá-lo. Eu não tive fotos com grandes trajes, não tive uma ceia, não tive votos de "Feliz Natal", não tive vinho, não tive festas. Só tive uma saudade gigantesca, saudade do que vivenciei e também do que gostaria de ter vivido. Saudade da minha vó, da minha segunda mãe, da minha vizinha, amiga e companheira.
Eu achei que já tinha provado de todos os sabores da saudade, mas me enganei.
Enfim, somente Deus e o tempo para confortar o meu coração e de toda minha família, será muito difícil (já está sendo).

Vó, guardarei todos os momentos que passamos juntas. Quando você falava das minhas supostas belas pernocas e eu odiava por que estava com um kilos a mais, quando você perguntava dos meus romances frustrantes e sempre dizia "Ah Fe, você vai ver, você vai encontrar alguém bem bom pra você, você uma menina tão esforçada..." (Olha só vozinha, eu espero mesmo!!!!). As suas pequenas vaidades, sua forma de enfrentar a vida mesmo com todas as doenças, dores, mágoas da vida... Pela força que tinha. Ah... são tantos os momentos, que saudades!

Peço desculpas por não ter postado nos últimos dois dias, na verdade eu ia parar com esse negócio de "Citações Cotidianas", mas como já disse: é meu desafio, não é para ser fácil. É muito pobre sair de casa para escutar coisas bacanas e escrevê-las aqui quando se está bem. Difícil mesmo é esforçar-se para estar vivo, escutar as pessoas e escrever para quem quiser ler mesmo quando a vontade é de ficar bem escondidinha.
Hoje retomo e conto com a ajuda de vocês para não pensar em desistir novamente.

A citação será minha mesma, disse para minha mãe ontem:

"O grande problema é que nós não somos o nosso melhor para os outros. Por isso a gente sempre fica achando que poderíamos ter feito mais quando alguém se parte"

Mãe, eu também te desejo muita força. Mais do que nunca estarei ao seu lado. Vamos nos ajudando como sempre, não é mesmo? Te amo muito.

Agora faltam somente 359 dias!
Beijocas carinhosas da...

Fe

6 comentários:

Daniela Reami disse...

Fe muita força pra vc e pra toda sua família nesse momento, sei o quanto é dificil perder alguem que amamos muito! Mas lembre-se sempre dos momentos bons, como vc esta fazendo, afinal as lembranças mantem as pessoas e os momentos vivos e intactos dentro da gente!!! Gosto muito do seu blog, sempre leio quando posso, parabens!
Deixo aqui uma frase que eu gosto muito para o seu desafio: "As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."
Fernando Pessoa
beijos

Fernanda Brito disse...

Dani, muito obrigada pelas palavras de conforto. É muito bem ouvir isso de alguém que não esperamos, faz tanto tempo que não nos falamos. Como estão as coisas?
Guardarei comigo todos os bons momentos, obrigada também pela frase, é linda, assim como todas do Fernando Pessoa, gosto bastante. Espero que visite sempre meu espaço e que, de alguma forma, eu transmita algo bom pra você e para todos que leem!

Saudades,
Fe

Ela Oliveira disse...

Oiii...
Obrigada por visitar o meu cantinho...já estou seguindo o seu!!!Parabéns pelo blog!

paginasempreto.blogspot.com

Beijos

Malena disse...

Obrigada pela visita e por estar fazendo parte do Embalaço Artistic.
E já estou lhe seguindo, amei o conteudo...

Te desejo um ano novo perfeito, que tudo o que planejou para esse ano possa acontecer. Mto sucesso...

Não esqueça de fazer mais uma visitinha para o novo post:
http://embalacoartistic.blogspot.com/2011/12/dica-5-organizacao.html

Laís Sêga disse...

O natal, realmente, é o momento que nos torna mais sensíveis quando se trata da saudade. Imagino que seja difícil para todos passar por um assunto tão delicado e que parece ser tão recente em uma data como essa. Já passei por situação semelhante, mas posso te dizer que, no momento, só restaram as boas lembranças. Também sinto que não fui boa o suficiente enquanto podia. Não fiz tudo o que gostaria de ter feito quando meu avô estava comigo. Porém, sei que fiz o que tinha que ser feito. Nada a mais e nada a menos. Tudo da forma como Deus havia planejado para nós.
Infelizmente, as pessoas boas, aquelas que já cumpriram sua missão aqui, se vão. Vão para um lugar que podem nos guardar, que podem nos olhar e nos guiar.
Desejo forças a vocês para superarem esse momento. Talvez seja possível começando a pensar nas boas lembranças e não nas coisas que poderiam ser diferentes. Tenha esperança, tenha fé. Essa dor que sufoca vai passar. Pode custar algumas lágrimas, alguns momentos de desânimo e tristeza. Mas se transformará em boas historias, em alegrias e recordações. Por isso, não desista nunca. Tenho certeza que ela não gostaria de ver você desistir ou desanimar. Então, encare essa força como algo que você está fazendo para ela. Desafie-se a lutar e prosperar para obter resultados lá na frente que ela se orgulhará e verá lá de cima. :D

Seu blog está demais, Fer. Não deixe esse desafio te derrubar. São frases que estimulam e nos ajudam a crescer. Não comento por falta de costume. Acredito que muita gente também passe por aqui ou fique aguardando a próxima frase e que não gostaria de perder esse gostinho.
Obrigada por nos proporcionar tamanho aprendizado diario.
Fique com Deus!

Bjuus

Fernanda Brito disse...

Laís,

Como agradecer tudo o que você me escreveu?
Muito obrigada por cada palavra, tenha certeza que se eu tivesse escutado cada uma delas ao invés de as terem lido, soariam como melodia aos meus ouvidos. No momento que estou vivendo o carinho de cada pessoa está sendo fundamental. Você deve entender o que quero dizer.
Às vezes precisamos de uma forcinha de alguém fora da nossa família e é aí que entram nossos amigos. Obrigada mesmo!
Obrigada também por visitar meu cantinho, espero que volte sempre e que as outras pessoas também estejam gostando. Escrevo para todos que gostam de ler, precisam de ânimo, de riso...
Continuarei por todos que passam por aqui, por mim e, principalmente pela minha avó.
Ela costumava dizer que não podemos desistir e levarei isso para sempre comigo.

Mil beijocas,fique com Deus você também e mande notícias.Saudades das danças e tudo mais.

Com carinho,
Fe