2 de fevereiro de 2012

41ª Citação: "... achar que as pessoas são eternas".

Olá bonitos,

Que dia mais quente é esse? Só eu estou derretendo desde às oito horas da manhã? Assopra daí que eu assopro daqui!
Ontem eu passei voando aqui pelo Busque e acabei nem contando que rolou um happy hour cozamigos, conversa boa e ótimas companhias, quem me dera se todas as quartas-feiras fossem assim.

Hoje vou direto e reto para a citação. Adivinhem de quem é a vez? Da minha super mãe, Leninha Brito. Olhem só o que ela me disse hoje:

"O problema é achar que as pessoas são eternas".

Desculpe-me você que está lendo essa postagem mas dessa vez vou escrever para a minha mãe mas fique a vontade para ler:
Mãe, eu sei o quanto está sendo difícil para você, pior que afastar-se fisicamente de alguém é afastar-se sentimentalmente. A lembrança da vó ainda é (e sempre será) tão nítida em nossas mentes que como você mesma diz "parece mentira que ela se foi". Nós estamos conversando bastante nos últimos dias a respeito disso e eu peço desculpas pelas vezes as quais fui impaciente. Espero lembrar-se do que sempre lhe digo: se nós soubessemos quando perderíamos uma pessoa, quando seria o último beijo, o último abraço, o último sorriso e a última vez a ver os olhos de alguém tão amado e agissimos como tal, dando o melhor de nós, seríamos perfeitos. Acontece que estamos longe demais da perfeição, esse não é o plano de Deus para nós... fomos feitos para errar, para sentir saudades, sentir que podíamos ter feito mais, amado mais... só assim evoluiremos como ser humano, caso contrário não faria sentido viver pois já teríamos aprendido tudo.
Eu te amo muito e conte comigo sempre! Mil beijocas para você e mil abraços. Estarei sempre contigo, em qualquer momento, em qualquer situação, em qualquer lugar.

Boa noite para quem fica porque eu fui.

Agora faltam somente 326 dias.

Beijocas carinhosas da...
Fe

6 comentários:

Júnior Shin. disse...

Temos de nos conformarmos, mas o conformismo não supre as nossas perdas. A vida continua, eu sei disso, mas o vazio jamais é preenchido...

;*

Melo disse...

A memória das pessoas são eternas. Bjs

Leninha disse...

Essa é a Fernanda, minha filha de apenas 19 anos com toda essa capacidade de compreender as coisas que eu com 53 anos, confesso, ainda não cheguei e nem sei se chegarei nesse estágio, nessa grandeza em ver as coisas. Realmente, tá sendo muito difícil viver sem minha mãe que foi morar com Deus há um mes e pouquinho. Me sinto como se tivesse dentro de um buraco do qual eu luto pra sair. A saudade é grande demais, todos os meus sentimentos se misturaram, reflito muito sobre um monte de coisas, me questiono demais e num dia ao me desabafar com ela eu disse essa citação acima e ela me disse exatamente isso que ela escreveu. No meio de tanta tristeza só tenho a agradecer a Deus por ter me dado a Fê como filha. Menina carinhosa, esforçada, e de uma cabeça incrível! Tenho certeza que sempre posso contar com vc, filha! E vc sempre comigo, tá? Com fé em Deus e o tempo vou voltar a ficar bem. Obrigada por tudo, minha linda! Um beijo enorme. Te amo pra todo o sempre! ♥

Emanuelle Klyss disse...

Que Deus conforte o coração de vocês e de sua família.

Beijos querida.

Vim aqui agradecer o carinho e a visita em meu blog e aproveito também pra dizer que já estou seguindo.

;)

Flavia Brito disse...

É....dificil aceitar, dificil compreender e impossível esquecer...
Cada um segue com sua dor, seus questionamentos, suas possibilidades: a verdade é que toda perda é solitária...

Leninha disse...

É bem isso mesmo, Flávia! Vc tem toda razão no que escreveu! Obrigada por estar sempre me ouvindo tbm. Vc é uma filha de ouro. Nunca vou me esquecer de sua paciência nesses dias tão difícil pra mim, mas sei o quão doloroso pra vc tbm! Me desculpa por não ter forças pra te dar o consolo que vc merece, Beijo enorme. Te amo pra todo o sempre! ♥